Expectativa positiva eleva as ações da Vivo

Há uma semana da divulgação do balanço referente ao quarto trimestre do ano passado, as ações da Vivo operaram em alta de cerca de 4% durante toda esta quinta-feira, 1º. Segundo analistas, o motivo se deve à expectativa de que o balanço do último trimestre de 2006 seja melhor que os números apresentados no terceiro trimestre, conforme prévia conseguida pelos analistas junto à companhia. ?A Vivo deu um guideline e o mercado gostou. Como os balanços anteriores foram ruins, o mercado estava um pouco receoso. Acho que vai ter uma melhora?, diz Alexandre Constantini, da corretora Bear Sterns.
Para Jacqueline Lison, da Fator Corretora, no Natal de 2006 a companhia foi um pouco mais conservadora na política de promoções e subsídios, o que se reflete em economia de custos e rentabilidade do papel. A margem Ebitda da empresa deve ficar em torno de 26% – pouco acima da margem do terceiro trimestre (25,3%). ?No trimestre passado, a margem tinha um pouco de não-recorrente?, explica Jacqueline referindo-se ao fim do bill & keep. ?A Vivo com certeza virá melhor que o ano passado e, talvez, um pouco melhor que o terceiro trimestre?, avalia Eduardo Roche, analista de telecomunicação do Banco Modal, sem arriscar projeção para a margem Ebitda.
As ações ordinárias da Vivo fecharam em alta de 2,01% e as preferências em alta de 6,79%. O balanço da companhia será divulgado dia 8 de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.