OUTROS DESTAQUES
Malan volta a sinalizar sua demissão II
quarta-feira, 31 de março de 1999 , 22h33 | POR REDAÇÃO

A saída de Malan não é desejada por motivos diferentes, sempre de acordo com a mesma fonte. O presidente acredita que é cedo para repor a "estratégia do segundo mandato", tornando a política econômica mais desenvolvimentista. Depois, na ausência de um nome para a sucessão de FHC, Malan poderia ser trabalhado, caso o Brasil volte de fato ao mapa dos investimentos internacionais.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top