OUTROS DESTAQUES
Telefônica dificilmente muda metas já traçadas
sexta-feira, 30 de novembro de 2001 , 18h53 | POR REDAÇÃO

A suavização das obrigações impostas às incumbents nas regras definitivas não devem alterar substancialmente as metas já traçadas, e anunciadas, pela Telefônica para 2002. A empresa deve se concentrar no mercado corporativo e na longa distância nacional e internacional a partir das áreas onde atua no momento. A empresa está presente na telefonia fixa de São Paulo, de onde saem e chegam 40% das ligações de longa distância nacional e internacional do País. Além disso, com a planejada união com a Telesp Celular, terá presença garantida na telefonia móvel em todos os estados litorâneos do Rio Grande do Sul a Sergipe.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top