OUTROS DESTAQUES
Banda larga
Medidor da Proteste mostra velocidade abaixo da contratada para 56% dos usuários
segunda-feira, 30 de março de 2015 , 15h30 | POR REDAÇÃO

Levantamento de usuários que utilizaram o medidor de velocidade da banda larga da Proteste aponta que 56% deles receberam taxas menores que as contratadas. Enquanto 65,2% deles se mostraram insatisfeitos com a velocidade entregue. O medidor, lançado em parceria com o site Minha Conexão, no início de março, para estimular o internauta a fazer medições ao longo do mês, foi acessado por 128 mil usuários, mas apenas cinco mil responderam a pesquisa.

Dos usuários que afirmaram ser a taxa média de velocidade recebida inferior à contratada, 19% apontaram diferença de 10% a menos. E 14% dos entrevistados detectaram nas medições taxa de velocidade 50% menor do que a contratada. A medição seguiu as metas impostas pela Anatel de garantir velocidade instantânea de, no mínimo, 40% do contratado em 95% dos acessos. E a velocidade média mensal deve ser no mínimo 80% da velocidade contratada.

Segundo a Proteste, o pior caso foi o da operadora Sky, em que 19,2% dos entrevistados apontaram que a velocidade média gerada no relatório do medidor era 60% menor do que a contratada. A pesquisa da entidade aponta também que clientes da Embratel e Sercomtel apontaram que a taxa de velocidade medida era 40% menor do que a contratada, com 33,3% e 50% de respostas, respectivamente. E 24,1% dos consumidores com planos de banda larga da Algar Telecom, afirmaram receber taxa de velocidade 30% inferior ao estipulado em contrato.

Na comparação da satisfação de acordo com a operadora contratada, os clientes das empresas Algar Telecom, Claro, Oi, Sercomtel, Sky e Vivo se mostraram mais insatisfeitos em relação à velocidade de banda larga recebida. Em relação à velocidade contratada, 44,2% afirmaram terem optado por planos que oferecem menos de 10 MB por segundo. E 27,4% dos entrevistados têm planos de 10 Mbps.

A exceção são as operadoras GVT, onde a maioria dos respondentes que afirmaram utilizar essa operadora, 51,6%, contratou um plano de 15 Mbps, da operadora Live TIM, em que 26,3% dos planos contratados pelos entrevistados devem fornecer 35 Mbps e Net Virtua / Net Combo, onde o plano de 10 Mbps foi escolhido por 57,3% da amostra.

De acordo com o levantamento, a maioria dos entrevistados utiliza os serviços da Oi, 25,4%, seguido dos clientes da operadora Net Virtua / Net Combo, 23,7%. A região Sudeste teve participação de 56,7% na pesquisa, seguida pelas regiões Sul, com 18,7% e Nordeste, com 13,4%. O Estado de São Paulo teve 31,4% de participação, superando todas as regiões pesquisadas.

O medidor da Proteste está disponível no endereço www.testeminhainternet.com.br para monitorar a taxa recebida da operadora de internet apontou velocidade abaixo da contratada na banda larga fixa. Nos casos em que forem constatados descumprimentos ao contrato, a entidade promete ajudar o consumidor a buscar os seus direitos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top