OUTROS DESTAQUES
TV digital
Gired chega a consenso sobre os 93% que receberão o sinal digital de TV
quarta-feira, 29 de abril de 2015 , 18h15 | POR LÚCIA BERBERT

O Grupo de Implantação da Digitalização da TV (Gired) chegou a um consenso sobre a metodologia para atendimento de 93% das pessoas que assistem TV aberta que ficarão aptas para captar o sinal digital. Esta é a principal condição para o desligamento do sinal analógico de televisão, que será escalonado de 2016 a 2018. Pelo entendimento, serão levadas em considerações as pessoas que assistem só a TV aberta e aquelas que têm acesso à televisão terrestre juntamente com outro meio, seja a TV por assinatura ou por parabólica.

Ficarão fora da contagem aquelas pessoas que só assistem à TV paga ou só por parabólicas, que são consideradas neutras no processo de desligamento do sinal analógico. Segundo o presidente do Gired, Rodrigo Zerbone, ainda não é possível estimar a quantidade de brasileiros que terão de ser atendidos, em função da grande variação por região. Esse número será definido por meio de pesquisas de amostragens.

Ainda não há prazo para o início das pesquisas, mas Zerbone informou que elas terão de estar concluídas 60 dias antes do desligamento em cada município. Ele ressaltou também que o governo, radiodifusores e operadoras de telefonia envidarão esforços para que a meta de 93% seja ultrapassada. A metodologia das pesquisas que serão aplicadas será definida na reunião do Gired do dia 27 de maio.

Campanhas

Zerbone afirmou que uma das grandes preocupações do grupo é com as campanhas de comunicação sobre o desligamento. Segundo ele, além de ser um item dos mais custosos – como o da distribuição de caixinhas –, a eficácia dessa comunicação tem influência direta no sucesso do switch-off, como já se verificou em outros países que concluíram o desligamento da TV analógica.

 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
Top