OUTROS DESTAQUES
TELEFONIA FIXA
Serviço de telefonia fixa tem piora em indicadores de qualidade em 2015
terça-feira, 29 de março de 2016 , 22h21

Relatório divulgado nesta terça-feira, 29, pela Anatel mostra pequena queda no cumprimento dos indicadores de qualidade do serviço de telefonia fixa em 2015. De acordo com os dados, os 16 indicadores exigidos foram atendidos em percentual de 72,6%, contra os 73,3% alcançados em 2014. As metas de atendimento, que obtiveram o percentual mais baixo, de 36,8%, contribuíram para o recuo da eficiência do serviço.

Em 2015, uma empresa autorizada, a GVT, teve o pior resultado, com 55,2% das metas cumpridas, bem inferior ao resultado do ano anterior, de 68,8%. As autorizadas têm um número menor de indicadores, já que não são responsáveis pelos telefones públicos.

Entre as concessionárias, o pior desempenho foi da Vivo, com 61,2% dos indicadores atendidos, mas o resultado foi melhor que o de um ano antes, quando cumpriu apenas 56,2% das metas. A Oi atendeu a 64,3% dos indicadores, ante os 66,5% alcançados em 2014. A Claro/NET/Embratel evoluiu de 80,2% para 86,9% entre 2014 e 2015.

Algar e Sercomtel tiveram a qualidade reduzida. A primeira passou de 86,8% para 82,6% entre 2014 e 2015, e a segunda, recuou de 90,4% para 89,3% no período. A TIM/Intelig, outra autorizada, melhorou seu desempenho de 75,5% para 78,1%.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top