OUTROS DESTAQUES
TV digital
Sinal analógico de TV será desligado em Rio Verde sem atingir meta
segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016 , 15h16

Antes de qualquer decisão do Gired (grupo de implementação da digitalização da TV), o ministro das Comunicações, André Figueiredo, informou, nesta segunda, 29, que participará do desligamento do sinal analógico das emissoras abertas em Rio Verde, nesta terça-feira, 1º de março. Pela última pesquisa do Ibope, apenas 85% dos domicílios do município goiano estão aptos a receber as transmissões digitais, número ainda abaixo da meta estabelecida, de 93%. A notícia é uma sinalização positiva para as teles, que estavam apreensivas em relação à disposição do governo de autorizar o switch-off mesmo que o percentual mínimo de 93% não fosse atingido.

Com o desligamento do sinal analógico de mais cinco emissoras, toda a programação de TV no município será transmitida exclusivamente em tecnologia digital. Às 12h50, o ministro participa do desligamento do sinal da TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo e única geradora da cidade. Em seguida, às 14 horas, André Figueiredo vai fazer o desligamento da TV Sucesso (Record). Também vão passar a transmitir o sinal digital a TV Bandeirantes, SBT e TV Cultura. Outras três estações que operam no município (TV Canção Nova, Record News e Rede Vida) já fizeram o switch off no dia 15 de fevereiro.

Rio Verde é a cidade-piloto no processo de implantação do Sistema Brasileiro de TV Digital, que deverá se estender a todo o Brasil até o fim de 2018. Depois do desligamento, a programação das emissoras deixa de ser exibida na cidade pelo sistema analógico. Em seu lugar, as geradoras de TV vão continuar transmitindo, por 30 dias, uma cartela fixa informando ao telespectador como proceder para ter acesso ao sinal digital. Mas tanto o setor de radiodifusão quanto as próprias teles acreditam que o teste de fato será em Brasília, cujo desligamento está previsto para acontecer este ano e é a única grande cidade com switch-off previsto para 2016.

 

COMENTÁRIOS

1 Comentário

  1. joao mendes disse:

    O desligamento analógico deverá ocorrer até 2023.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top