OUTROS DESTAQUES
Empresa ainda analisa se produzirá localmente equipamentos de rede GSM
quarta-feira, 28 de novembro de 2001 , 22h59 | POR REDAÇÃO

A Alcatel também avalia se produzirá localmente no Brasil ou importará equipamentos de rede para telefonia móvel em GSM, diz Jonio Foigel. Segundo o executivo, falta saber ainda se a demanda no Brasil e outros países latino-americanos vai justificar o investimento. Uma linha de produção destes equipamentos só é viável economicamente para atender uma carteira de pedidos com mais de mil ERBs por ano, calcula o executivo. Até agora, a Alcatel só tem asseguradas encomendas de 900 unidades para os próximos três anos, para a Telemar Celular. O faturamento previsto para a Alcatel no Brasil em 2002, segundo Foigel, será de US$ 1 bilhão, cerca de 20% abaixo dos US$ 1,2 bilhão a serem atingidos este ano.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top