OUTROS DESTAQUES
Carreiras
Amos Genish é oficializado CEO da Telecom Italia
quinta-feira, 28 de setembro de 2017 , 16h42

A Telecom Italia oficializou nesta quinta-feira, 28, a nomeação de Amos Genish como CEO e membro do board da companhia. O executivo havia sido nomeado em julho como "diretor geral de operações" da controladora da TIM Brasil. A decisão unânime foi tomada após reunião do conselho de diretores, liderado pelo chairman Arnaud de Puyfontaine, que também é CEO do grupo francês Vivendi, maior acionista da italiana.

Genish deixou a Telefônica Brasil ao final do ano passado, passando a ser diretor-executivo de convergência na Vivendi, responsável por desenvolver a estratégia envolvendo conteúdo, plataformas e distribuição. A companhia francesa foi controladora da GVT enquanto ele era presidente e até ser vendida para a Telefônica Brasil, a qual assumiu logo em seguida também como presidente. E para autorizar a transação, o Cade exigiu a saída da Telefónica do controle da Telecom Italia, posição assumida justamente pela Vivendi – apesar de a francesa negar a posição, o regulador italiano Consob entende que há controle.

Em comunicado, Puyfontaine diz que a Telecom Italia tem um compromisso de longo prazo de recuperar o "merecido esplendor" na construção da digitalização do país europeu. Já Genish disse que irá continuar a transformação da empresa em uma tele verdadeiramente digital. "Nosso programa DigiTIM é baseado em alguns fundamentos-chave que são basicamente focar em prover uma experiência de consumidor superior, entregar a digitalização para melhorar a interface com nossos clientes; (usar) analytics inteligentes por meio de big data para personalizar nossos produtos e serviços; e adicionar vídeo e multimídia em cima de nossa conectividade modelo para uma oferta convergente, enquanto continuamos a investir em nossa cobertura de ultra-banda larga para apoiar a evolução em uma sociedade Gigabit", declara.

Além da nova posição, a responsabilidade da área de estratégia de marca e mídia também está sob comando de Amos Genish. Entre as funções do CEO, a Telecom Italia ressaltou a responsabilidade para definir as políticas e responsabilidades organizacionais para garantir a gerência e o desenvolvimento dos negócios também na América do Sul. O executivo não detém ações do grupo italiano.

O chairman delegado, Giuseppe Recchi, continuará a ter funções delegadas, assim como responsabilidade organizacional pelo departamento de segurança, incluindo atividades com propósito de segurança nacional no grupo, em particular na Sparkle e na Telsy. Recchi também foi nomeado chairman do comitê estratégico da Telecom Italia.

COMENTÁRIOS

1 Comentário

  1. Rogério Pires disse:

    Resta saber agora, o que ele reserva para a TIM Brasil.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top