OUTROS DESTAQUES
CRISE DAS OPERADORAS
Quadros diz em Curitiba que Anatel está acompanhando evolução da Sercomtel
sexta-feira, 28 de julho de 2017 , 17h30

O presidente da Anatel, Juarez Quadros, disse, nesta sexta-feira, 28, que os conselheiros da agência já se reuniram duas vezes com a direção da Sercomtel. Na primeira, a Anatel somente ouviu os representantes da empresa. Na segunda, os diretores e controladores apresentaram plano de recuperação judicial para tentar resolver os problemas financeiros da companhia.

Quadros informou que uma equipe da agência tem ido à Londrina, na sede da Sercomtel, para acompanhar o trabalho. Na semana passada, sete fiscais estiveram na prestadora.

O plano da operadora, que prevê ações pelo prazo de cinco anos, será analisado pela área técnica da agência antes de nova reunião com os acionistas. O documento prevê projeções otimistas no fluxo de caixa até o ano de 2021. Também antecipa ações, que vão desde a criação de mais produtos; parcerias com os próprios acionistas; prospecção de novos negócios ancorados na tecnologia da informação até cortes mais profundos nas despesas, além dos que já vêm sendo implementados desde o início do ano.

TV Digital

O presidente da Anatel concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, na gerência regional agência em Curitiba (PR). Ele falou sobre o desligamento do sinal analógico em Curitiba e em mais 26 municípios da região, que está previsto para janeiro de 2018.

Quadros comunicou que foi antecipada para 30 de outubro a realização da primeira pesquisa sobre o desligamento do sinal analógico na região metropolitana de Curitiba. "Foi uma solicitação da Associação das Emissoras da Radiodifusão do Paraná (AERP) que o Gired (grupo de implantação da digitalização da TV) atendeu. Antecipamos em 30 dias a primeira pesquisa. Curitiba é uma cidade modelo. Veremos quais as condições em 30 de outubro, quando será realizada a primeira fase da pesquisa", explicou. A pesquisa estava marcada inicialmente para 30 de novembro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top