OUTROS DESTAQUES
ORÇAMENTO
MCTIC perde mais R$ 103,6 milhões em novo corte do Orçamento
sexta-feira, 28 de julho de 2017 , 18h44

Depois de 44% de corte em contingenciamentos anteriores, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações perde mais R$ 103,6 milhões no novo ajuste do Orçamento. Já o Ministério da Cultura teve uma perda ainda maior, de R$ 117,3 milhões.

O governo anunciou ontem à noite, 27, o contingenciamento de R$ 5,9 bilhões e o remanejamento de R$ 2,2 bilhões do Orçamento deste ano. Com isso, chega a R$ 44,9 bilhões o total de verbas bloqueadas para 2017.

A justificativa do corte foi para repor a queda na expectativa total de arrecadação, que passou de R$ 1,386 trilhão para R$ 1,380 trilhão. A meta é manter a meta fiscal prevista para 2017, de déficit de R$ 139 bilhões. O contingenciamento atual não atingiu todos os ministérios.

COMENTÁRIOS

1 Comentário

  1. Vilson Vieira Junior disse:

    Vejam se não é, no mínimo, estranho: os cortes e contingenciamentos do (des)governo Temer vêm juntos com a redução regulatória (leia-se desregulação) proposta por Poder Executivo e Anatel para o setor de telecomunicações.

    Coincidência ou ambos fazem parte do mesmo pacote de ações para "fortalecer" o segmento?

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top