OUTROS DESTAQUES
Anatel vê perigo da concentração nos serviços de Internet
terça-feira, 28 de Maio de 2002 , 21h56 | POR REDAÇÃO

Os órgãos de defesa do consumidor, sobretudo os Procons, levantaram a bandeira de que, para quem tem banda larga, é desnecessário obrigar o cliente a contratar um provedor de acesso. Trata-se de uma tese que é informalmente fomentada pelas teles (que pretendem eliminar mais este custo aos seus usuários) mas muito perigosa, no entender da Anatel. Para o conselheiro Luiz Tito Cerasoli "há o risco de o usuário ficar na mão dos grandes grupos, porque logo eles vão concentrar todo o serviço, se esta tese prevalecer. Por ser serviço de valor adicionado, as teles não admitirão mais a interferência da agência e vão fazer o que quiser. Com isso, acabou a concorrência".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top