OUTROS DESTAQUES
BANDA LARGA FIXA
"Interesse do consumidor será observado", diz Rodrigues, relator do processo sobre as franquias de banda larga
quinta-feira, 28 de abril de 2016 , 18h17

O relator do processo sobre franquia de banda larga fixa na Anatel, conselheiro Otávio Rodrigues, disse, nesta quinta-feira, 28, que criará um grupo de trabalho para estudar o tema e ouvirá representantes dos órgãos de defesa do consumidor e das empresas, antes de elaborar seu relatório. Por essa razão, afirmou que não tem previsão de prazo para apresentar seu voto.

Rodrigues disse que não pretende fazer audiência pública sobre o tema, por achar o instrumento muito dispersivo, mas disse que isso poderá acontecer caso haja a indicação de alteração de alguma norma. "A única garantia que eu posso dar é de que o interesse dos consumidores será observado na minha análise", completou.

O processo sobre a adoção de franquia na banda larga fixa foi aberto depois que a agência recebeu inúmeras manifestações contra a medida. Por meio de circuito deliberativo, o presidente da Anatel, João Rezende, suspendeu por tempo indeterminado a adoção de franquia de dados pelas as operadoras e abriu o processo, que foi sorteado para a relatoria de Rodrigues.

O tema ganhou os noticiários depois que a Telefônica anunciou que adotará o limite de uso de dados em planos de banda larga fixa e, a partir de 2017, iria cortar o acesso ou reduzir as velocidades quando os dados contratados fossem consumidos. NET e Oi já adotavam a franquia, mas nunca aplicaram o corte ou a redução da velocidade, que estão previstos no regulamento do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM), aprovado em 2013. A agência exigiu primeiro que ferramentas para acompanhar o consumo pelos usuários, mas agora suspendeu a adoção da franquia.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top