OUTROS DESTAQUES
Balanço financeiro
América Móvil Brasil tem queda na receita, mas diminui prejuízo
quinta-feira, 28 de abril de 2016 , 18h42

A receita líquida da América Móvil Brasil (Claro Telecom Participações, que compreende a Claro, Net e Embratel) recuou 3,5% e fechou o primeiro trimestre deste ano em R$ 8,032 bilhões, segundo informações do balanço financeiro da companhia divulgado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no final da noite da quarta-feira, 27. No comunicado, a companhia afirma que a receita foi "negativamente afetada  pela redução das tarifas de interconexão, conforme plano e cronograma estabelecidos pela Anatel".  O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) recuou 9%, ficando em R$ 2,198 bilhões. Incluindo a amortização e a depreciação, o EBIT caiu 48,3%, totalizando R$ 313,2 milhões. Assim, a companhia encerrou março com um prejuízo líquido de R$ 300,8 milhões – na verdade, uma diminuição de 85,6% em relação ao prejuízo líquido do primeiro trimestre de 2015.

A empresa afirma que, após o plano de reestruturação societária, durante os primeiros três meses do ano os serviços de valor adicionado (SVA) "passaram a ser prestados por outra empresa do grupo, cujos resultados não são consolidados" pela América Móvil Brasil. Para efeito de comparação, levando em conta essa mudança, a receita líquida normalizada teria crescido 0,5%, total de R$ 8,368 bilhões. O EBITDA normalizado também mostraria avanço: 3,9%, total de R$ 2,511 bilhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top