OUTROS DESTAQUES
Anatrel
TELECOM
Caem as reclamações de serviços de Telecom em janeiro
quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2018 , 19h43 | POR REDAÇÃO

Durante o mês de janeiro deste ano, a Anatel registrou um total de 270,7 mil reclamações de usuários contra prestadoras dos serviços de banda larga fixa, de telefonia móvel, de telefonia fixa e de TV por Assinatura. O resultado significa redução de 57,5 mil queixas (queda de 17,5%) quando comparado com o mesmo janeiro do ano passado. De acordo com a Agência, a telefonia móvel apresentou queda de 34 mil reclamações (diminuição de 21,3%), seguida da telefonia fixa com redução 12,6 mil queixas (16,9%), da banda larga fixa com diminuição de 7,7 mil reclamações (queda de 15%), e da TV por Assinatura com menos 3,7 mil queixas (9%). O número total, no entanto, é maior do que as 238,7 mil reclamações registradas em dezembro do ano passado.

Empresas

Na telefonia móvel e na telefonia fixa, quase todos os grupos acompanhados individualmente pela Anatel apresentaram redução nas reclamações em janeiro deste ano quando comparado com o mesmo mês de 2017 – com exceção da TIM, que registrou pequeno aumento. Na telefonia móvel, a Vivo com 19,5 mil reclamações a menos teve a maior redução de queixas (43,5%), seguida pela Nextel com menos 4,8 mil (43,2%), Claro com diminuição de 7,4 mil (22,9 %), Oi com redução de 2,7 mil (13,7%), e a TIM registrou com um aumento de 500 reclamações (0,9%). Na telefonia fixa, a Oi registrou 7,6 mil reclamações a menos (19%), seguida da Vivo com redução de 4,1 mil (17,4%) e da Net com menos 1.300 reclamações (14,5%).

Nos grupos acompanhados individualmente pela Anatel na TV por Assinatura, a Sky com acréscimo de 1,6 mil reclamações (12,7 %) foi o único grupo que registrou aumento em janeiro de 2018 em relação ao mesmo mês do ano passado. No entanto, apesar de o Grupo Net/Claro ter registrado 3,2 mil reclamações a menos (redução de 15,7%), separadamente a Net registrou aumento de 700 queixas (4,8%) e a Claro redução de 2,5 mil reclamações (37,4 %). A Oi teve menos 1,8 mil queixas (37,1%) e a Vivo menos 300 reclamações (8,8%).

Na comparação entre janeiro de 2018 e janeiro de 2017, a Net apresentou uma redução de 700 reclamações na banda larga fixa. A Oi registrou queda de 6,8 mil (variação negativa de 28,3%) e a Vivo menos 2,8 mil queixas (redução de 19%).

Reclamações por serviço

Em janeiro de 2018, na telefonia móvel pós-paga, o maior conjunto de queixas foi relativo à cobrança (48,03%), em segundo lugar reclamações relativas às ofertas e promoções (10,20%) e à qualidade, funcionamento e reparo (10,01%). Nos pré-pagos móveis, as reclamações relativas a crédito formaram o maior conjunto no mês (44,51%), ofertas e promoções ficaram em segundo (18,63%), seguidas das queixas sobre qualidade, funcionamento e reparo (14,57%).  Na telefonia fixa, a cobrança formou o principal conjunto de reclamações em janeiro (36,74%), seguida das de qualidade, funcionamento e reparo (23,91%) e de cancelamento (9,08%).

Na TV por Assinatura em janeiro de 2018, a cobrança foi principal motivo de queixa dos usuários do serviço (44,44%), seguido de bloqueio ou suspensão (11,57%) e qualidade, funcionamento e reparo (10,16%). Na banda larga fixa, o quesito qualidade, funcionamento e reparo foi o principal motivo de queixas dos usuários (45,98%), seguido de reclamações relativas à cobrança (22,42%) e à instalação ou ativação do serviço (9,04%).

Acesse as tabelas em PDF com os totais de reclamações contra prestadoras de telecomunicações registradas na Anatel.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top