OUTROS DESTAQUES
Internacional
Facebook e Internet Society querem aumentar PTTs na África
quinta-feira, 27 de setembro de 2018 , 11h47

O Facebook e a organização sem fins lucrativos Internet Society anunciaram uma parceria para desenvolver pontos de troca de tráfego (PTT, ou IXP, na sigla em inglês) na África. A ideia é melhorar a infraestrutura de telecomunicações no continente – atualmente, 42% dos países africanos não têm PTTs, o que significa que o tráfego doméstico é trocado em pontos fora do território, como satélite ou cabo submarino em hubs internacionais para chegar ao seu destino. Naturalmente, isso degrada a experiência da Internet para os residentes e desencoraja a hospedagem de conteúdo localmente, o que as entidades afirmam ser elementos essenciais para o desenvolvimento de um ecossistema local.

A parceria ajudará a promover a criação de PTTs (e expansão dos existentes) com treinamentos e "engajamento da comunidade", enquanto o Facebook promete também "equipamentos para áreas onde são mais urgentemente necessários". A Internet Society cita estudos que afirmam que usuários africanos podem se beneficiar com o acesso mais rápido, confiável e mais barato ao conteúdo.

A meta é de obter ao menos 80% do tráfego consumido na África sendo localmente acessível até o ano de 2020. De acordo com a Associação Africa IXP (Af-IX), há cerca de 44 PTTs ativos em 32 países no continente. Embora ainda seja considerado pouco pelas entidades, isso já gerou um aumento de 275% no tráfego local nos últimos dez anos (quando só havia 16 pontos), saindo de 0,16 Gbps para 412 Gbps pelas 800 redes interconectadas.

Vale lembrar que o Facebook já conta com iniciativas de conectividade na África, incluindo o projeto Free Basics (do Internet.org), oferecendo zero-rating à plataforma da rede social. A companhia também tem investido recentemente na infraestrutura de telecomunicações de outros países, como o cabo submarino que liga Brasil à Argentina em parceria com a Globenet.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top