OUTROS DESTAQUES
Conectividade embarcada
AirFrance e Gogo oferecem conectividade em voos
quinta-feira, 27 de setembro de 2018 , 18h33

Além da Latam, a companhia aérea Air France também lançou nesta quinta-feira, 27, serviço de conectividade em voos. O fornecedor escolhido também é a Gogo, por meio da plataforma 2Ku. O serviço, chamado de Air France Connect, estará disponível em 22 aeronaves de longa distância e oito de curta e média distância até o final deste ano. A previsão é de completar toda a frota até 2020.

São três planos disponíveis. O primeiro é com mensagens (WhatsApp, iMessage, Facebook Messenger e WeChat) gratuitas, com duração de todo o voo. Há a opção do serviço pago para navegação no plano Surf, que custa 3 euros para toda a viagem em voos de curta distância, ou 8 euros (ou 2.700 milhas do programa Flying Blue) por uma hora e 18 euros (6 mil milhas) para voos de longa distância. Há a opção Stream, que custa 30 euros (10 mil milhas) e permite acessar streaming e download durante todo o voo. O pagamento pode ser feito por cartão de crédito.

A companhia aérea francesa passará a oferecer gradualmente serviços adicionais e entretenimento, como informações detalhadas de voos, compras e conteúdo de filmes, séries e documentários para assistir pela plataforma Connect no smartphone ou tablet.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top