OUTROS DESTAQUES
Lei Geral não garante participação dos trabalhadores
quarta-feira, 27 de maio de 1998 , 21h55 | POR REDAÇÃO

A Câmara dos Deputados resolveu relembrar velhas pendências da época em que o governo "fez aprovar" a Lei Geral de Telecomunicações. A queixa é com relação aos trabalhadores e aposentados do Sistema Telebrás, que deveriam ter (por promessas feitas pelo então ministro Sérgio Motta) preferência de compra de um determinado número de ações da empresa privatizada, individualmente ou através de seus clubes de investimento. Isso não aconteceu e os trabalhadores muito provavelmente ficarão de fora do edital de venda.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top