OUTROS DESTAQUES
Política de comunicações
Informalmente, comissão ainda receberá sugestões ao PL 29
quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008 , 23h35 | POR SAMUEL POSSEBON

A Comissão de Ciência, Tecnologia e Comunicação deverá receber, até o começo da próxima semana, os comentários que as empresas de TV por assinatura e as emissoras de TV aberta eventualmente tenham a fazer sobre o substitutivo do deputado Jorge Bittar (PT/RJ) ao PL 29/2007. O projeto é o que estabelece novas regras para o mercado de TV por assinatura.
A consulta feita às empresas é informal, já que o prazo de emendas de deputados já está encerrado. Segundo o deputado Julio Semeghini (PSDB/SP), presidente da comissão, a idéia é acertar os pontos de arestas para que o projeto tenha melhores chances de aprovação e chegue forte ao Senado. Segundo Semeghini, as teles já estariam satisfeitas com o projeto da forma como ele está. As empresas de TV paga ainda não aceitaram a forma como as cotas estão colocadas para programação e pretendem mostrar os efeitos negativos desse tipo de política. Por enquanto, este setor está extremamente insatisfeito com a proposta. Já as TVs abertas pretendem trabalhar a questão das cotas de forma a deixá-las mais exeqüíveis.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top