OUTROS DESTAQUES
Terminologia de avaliação do Morgan vai mudar
quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2002 , 22h30 | POR REDAÇÃO

O Morgan Stanley Dean Witter, a segunda maior corretora dos Estados Unidos, vai mudar a forma de avaliar ações, abolindo os ratings "buy" e "sell", considerados inconsistentes. A partir de 18 de março, o que vai ditar a nota são as chances de uma performance acima, igual ou abaixo a de seus concorrentes (overweight, equal weight e underweight). Ou seja: os analistas vão ter que refinar mais as comparações, que tendem a se tornar mais agressivas. Apesar de a corretora negar, a mudança se deve ao escândalo da falência da Enron. O Morgan constatou que a maioria das análises é favorável às empresas, mesmo em situações em que os resultados são fracos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top