OUTROS DESTAQUES
Compra das sobras deve ser seguida de overlay em GSM nas redes atuais
quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2002 , 22h30 | POR REDAÇÃO

Além de entrar no leilão pelas sobras do SMP, Telefônica e Portugal Telecom devem adquirir também faixas adicionais na freqüência de 1,8 GHz para a aplicação de uma camada de GSM em suas operações atuais. A Telesp Celular está no Paraná, Santa Catarina e São Paulo e a Telefônica está no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Bahia e Sergipe. O overlay está em estudos nas empresas como uma forma de facilitar o roaming de voz e serviços em toda a área a ser atingida pela operação conjunta. A compra das faixa adicionais, no entanto, ainda está atrelada a discussões sobre a migração das operações celulares para o SMP.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top