OUTROS DESTAQUES
STFC
Telefonia fixa segue em queda em outubro; em um ano, queda é de quase 2 milhões de acesso
segunda-feira, 26 de novembro de 2018 , 20h24 | POR REDAÇÃO

Em  outubro,  a telefonia fixa encerrou o mês com 38.716.536  linhas em serviço. Segundo o balanço da Anatel, na comparação com o mês anterior, houve queda de  229.700 linhas (0,59%) e em relação a outubro de 2017, a redução foi de 4,89% (1.990.488 linhas).

Segundo levantamento da Anatel, em outubro de 2018, entre as autorizadas, a Claro registrou a maior participação de mercado, 10.502.066 linhas fixas no país (63,08%), seguida pela Vivo, com 4.390.355 (26,37%, e TIM, com 847.158 (5,09%). Em relação às concessionárias, a Oi possui o maior volume de linhas fixas, 12.472.181 linhas (56,52%) de share, seguida pela Vivo, 8.686.204 linhas (39,36%) e pela Algar Telecom, 749.801 linhas (3,40%).

A pesquisa da Anatel também aponta que em outubro passado, as concessionárias registraram 22.067.287 linhas e as autorizadas, 16.649.249. Na comparação com setembro passado, as concessionárias apresentaram uma redução de 163.999 linhas fixas (-0,74%) enquanto as autorizadas apresentaram diminuição de 65.701 linhas (-0,39%). Em 12 meses, as concessionárias registraram redução de 1.696.230 linhas fixas (-7,14%) e as autorizadas perderam 294.258 linhas (-1,74%).

COMENTÁRIOS

1 Comentário

  1. Acredito que essa seja a tendência, visto que não existe política de fidelidade, desconto, ou consumo. Estamos sempre conectados, e geralmente o BYOD facilita nossa vida, diferente de uma rede Fixa. A perda da Share não é uma novidade pra geração do smartphone

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top