OUTROS DESTAQUES
Banda larga
Net inaugura sua primeira cidade com cobertura apenas em FTTH
quinta-feira, 26 de Abril de 2018 , 18h26

Discretamente, a Net lançou este mês, na cidade de Serra Negra, em São Paulo, sua primeira nova operação em cerca de dois anos, com uma mudança importante: é a primeira totalmente baseada em GPON/FTTH da empresa. A operadora do grupo América Móvil sempre utilizou fibra em suas redes, mas dentro da arquitetura HFC, que combinava uma parte ótica com acesso em cabos coaxiais. Este ano, contudo, a empresa pretende lançar 11 cidades, todas elas inteiramente servidas por fibra, até a casa do cliente – outra das cidades previstas é Lindoia, também no interior paulista e a 14,6 km de município onde está sendo realizado o piloto. Num primeiro momento, o serviço que está sendo ofertado é apenas o de banda larga, mas em breve passará a ser oferecido o serviço de TV, também com uma novidade: será a primeira operação comercial totalmente baseada em IP.

De fato, já é possível contratar a banda larga em FTTH da Net em Serra Negra. A companhia oferece velocidades de 60 Mbps a 500 Mbps, com taxas de upload maiores do que as do cabo coaxial – em 120 Mbps, o upload é de 60 Mbps, enquanto no HFC é de 10 Mbps. A franquia em contrato (ainda que não seja efetiva pela cautelar da Anatel de 2016 e ainda em vigor) também aumenta (na mesma comparação, sobe de 200 GB para 1 TB).

Nas cidades servidas com HFC a estratégia segue a mesma: diminuição dos nós de rede, com aproximação progressiva da fibra da casa dos clientes até o momento em que for necessária a troca de tecnologia. Na quarta-feira, 25, o CEO da controladora América Móvil, Daniel Hajj, disse que a estratégia da Net continua a ser o uso do cabo, embora não desconsidere o FTTH – especialmente porque a tecnologia DOCSIS 3.1 utilizada no HFC exige que a fibra já esteja próxima à residência do cliente. Segundo ele, "mover a fibra (para a ponta) não seria muito difícil, porque já atualizamos toda a rede no Brasil para o digital". (Colaborou Bruno do Amaral)

COMENTÁRIOS

13 Comentários

  1. Augusto disse:

    Já é disponibilizado o acesso FTTH totalmente IP no Brasil desde 2011 e a NET está muito atrasada. Ptecisa se atualizar meu amigo.

  2. eduardo disse:

    Show de bola.ate que em fim fibra ate o assinante

  3. Rogério Pires disse:

    Bom ver que a NET está em constante evolução. Como cliente a 07 meses, estou muito satisfeito. Deixei o VDSL da Algar Telecom e adquiri um COMBO da NET de 60M + TV + Fixo. Moro em condomínio e cheguei a duvidar da entrega da velocidade contratada; tive a grata surpresa de receber mais de 01 a 03 Megas a mais de velocidade e nunca tive que ligar para reclamar de qualquer problema nos 03 serviços adquiridos.

  4. Uesley Silva Correa disse:

    Não é a primeira operação comercial 100% IP não. Sumicity no RJ e outras no Brasil, já tem IPTV há muito tempo!

  5. Paulo Vaz disse:

    Uma dúvida já com uma provocação: a rede ftth torna a operação mais barata para a Net par entregar seus serviços?

  6. Roberson disse:

    Kogimaaaaaaaaaaa

  7. Samir Mannaa disse:

    Segue Matéria sobre Fibra

  8. Daniel disse:

    Pode até ser algo surpreendente para a Net mas a vivo aqui em minha cidade já está na frente a muito tempo, não sei qual o intuito de ter fibra até o poste e coxial na casa do cliente, sendo que no fundo o gasto é o mesmo.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top