OUTROS DESTAQUES
FOA 2018 - Segurança pública
Exército já fala em parceria com setor privado para 4G
segunda-feira, 26 de Março de 2018 , 22h17

Segundo o general Santos Guerra, assessor para o Sistema de Defesa, Indústria e Academia, no Comando Militar do Sudeste, Exército Brasileiro,  o uso de uma infraestrutura de 4G ainda é considerado essencial pelas forças de segurança e defesa brasileiras, e isso tende a aumentar com uma demanda cada vez maior pela atuação das Forças Armadas em operações civis, como acontece agora no Rio de Janeiro. Mas dadas as crescentes limitações orçamentárias e dificuldades de investimento, ele acredita que hoje o melhor modelo de implantação desta rede seja por meio de parcerias com o setor privado com as empresas de telecomunicações, ainda que uma parceria com a Telebras não esteja descartada. Em 2014, durante o leilão da faixa de 700 MHz, uma faixa de 5 MHz + 5 MHz foi reservada ao uso do Poder Público, mas até agora nada foi implantado, e Santos Guerra acha que existe o risco de que a Anatel, em algum momento, decida retomar a faixa. "A gente até gostaria de ter mais espectro, mas o fato é que não temos hoje nenhuma condição de investir na rede. Falta um modelo de negócio e disposição dos órgãos para investir. Um modelo de parceria parece hoje mais provável. Mas ter a Telebras como operadora é uma ideia que não morreu".

Para ele, o uso das redes e da infraestrutura das empresas que hoje operam 4G poderia ser viabilizado e as questões de que antes preocupavam alguns setores, como ter o controle completo das ERBs e do sistema, parecem ser problemas menores diante da falta de recursos para fazer qualquer coisa. A contratação da capacidade 4G seria então no modelo de prestação de serviço, e a empresa contratada poderia inclusive se beneficiar do uso da faixa de 700 MHz quando ela estiver ociosa. As declarações foram dadas durante o Fórum de Operadoras Alternativas, realizado pela TELETIME e pela Mobile Time nesta segunda, 26.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top