OUTROS DESTAQUES
Internet das Coisas
Associação de IoT assina acordo com WND para estimular padrão de baixo consumo
segunda-feira, 26 de Março de 2018 , 19h24

Uma das estratégias para a Internet das Coisas está na adoção de tecnologias de redes wireless de baixo consumo energético (LPWAN, na sigla em inglês), que permitem menor custo de operação e manutenção. Tanto que a Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc) anunciou nesta segunda-feira, 26, durante o Fórum de Operadoras Alternativas em São Paulo, assinatura de acordo com a provedora de conectividade SigFox no Brasil, a WND, para "acelerar projetos para estimular o uso da rede nacional exclusiva para comunicação de dispositivos de IoT". A parceria permitirá que as empresas associadas à entidade possam se beneficiar de "tratativas" para desenvolvimento de tecnologia, bem como de uma rede de comunicação padrão e exclusiva para o País.

A ideia é utilizar a rede LPWA ativada em setembro de 2017 pela WND Brasil, infraestrutura que atualmente está com presença em todas as capitais, além de mais de 70% das cidades com mais de 200 mil habitantes, alcançando 120 milhões de pessoas. A rede SigFox tem 47 operadoras no mundo, com cerca de 10 mil parceiros e canais. A expectativa é de que chegue ao final de 2018 com 60 países cobertos.

O diretor de tecnologia da Abinc, Luiz Viola, destaca que a Anatel está estudando como vai efetuar a homologação de sensores LPWAN. "Temos alguns grupos de trabalho ajudando a Anatel a fazer texto para consulta pública que depois vai fazer", diz. "Estamos formando um novo [GT]  de segurança para microcontroladores". Com isso, esperam poder ajudar o desenvolvimento de equipamentos, embarcando segurança. A entidade deverá lançar no começo de abril uma pesquisa para "entender mercado de IoT" com base em aspectos financeiro e de quantidade de dispositivos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top