OUTROS DESTAQUES
Switch-off
Cotação dos receptores de TV digital para o Bolsa Família começa esta semana
quinta-feira, 25 de junho de 2015 , 14h54 | POR LÚCIA BERBERT

A Entidade Administradora do processo de Digitalização da TV (EAD) abrirá ainda esta semana a RFP (Request for Proposal) com prazo de um mês para cotação dos conversores que serão distribuídos com os beneficiários do Bolsa Família. Em função desse prazo apertado, ainda não está confirmado se os set-tops com as especificações definidas serão usados já na cidade de Rio Verde (GO), onde o desligamento do sinal analógico ocorrerá no final deste ano.

Essa questão foi levantada na reunião do Gired – Grupo de implementação da digitalização da TV –, que deverá definir se outro modelo poderá ser distribuído entre as sete mil famílias do município goiano inscritas no programa. Segundo o presidente do grupo, Rodrigo Zerbone, a EAD terá que apresentar todas as opções para que o Gired possa decidir.

Outra definição que será tomada na próxima reunião do grupo é a metodologia do cálculo de qualidade do sinal de todas as emissoras em determinadas regiões, para que a antena externa seja trocada por antena interna. Zerbone disse que a ideia é testar esse tipo de alternativa em Rio Verde e, se der bons resultados, ampliar para outras regiões. Ele ressalta que, embora a previsão seja de distribuição de antena externa, o entendimento é de que a instalação da interna é muito mais cômoda para o consumidor.

Sobre problemas que poderão surgir das dificuldades de instalação, inclusive dos conversores, Zerbone disse que essa questão já está sendo pensada pela EAD, já que pode impactar na pesquisa de aferição de alcance da TV digital. "Esse é um problema que terá de ser enfrentado", afirmou.

Pesquisa

Também está prevista para a reunião do Gired do mês de julho a definição da metodologia da pesquisa de aferição dos 93% de alcance da TV digital, que será fundamental para aprovar o desligamento do sinal analógico. Segundo Zerbone, a primeira pesquisa de aferição em Rio Verde deverá ser avaliada pelo grupo já em agosto. Ele afirma que os radiodifusores, que têm expertise nesse tema, irão ajudar.

Já as definições da campanha de informação da população tiveram avanço. A EAD comunicou a contratação da Young&Rubicam para a realização das ações de divulgação. A campanha terá foco maior nas comunicações locais e, na nacional, terá a participação dos próprios radiodifusores. "Além disso, a empresa está estudando a participação de parceiros na campanha, para baratear custos", disse Zerbone. Entre esses parceiros estão sendo consultadas redes varejistas, que têm interesse na venda de televisores e conversores.

Mais um ponto importante será definido em julho pelo Gired. Será a logística para distribuição dos conversores, antenas e filtros. O sistema escolhido será testado em Rio Verde e deve ser diferente do que será aplicado em São Paulo, por exemplo. Zerbone disse que a previsão é de que as caixinhas sejam entregues em Brasília e São Paulo, que têm desligamento previsto para o início de 2016, 60 dias antes do prazo final. Para outras regiões, a previsão é de entrega 90 dias antes.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top