OUTROS DESTAQUES
Infraestrutura
5G vai ampliar o uso de microondas para backhaul
quarta-feira, 25 de Abril de 2018 , 22h27 | POR SAMUEL POSSEBON* E FERNANDO PAIVA

Existem hoje 2 milhões de sites de telefonia móvel no mundo com backhaul servido por micro-ondas, o que representa aproximadamente 75% do total. Em 2022, com o crescimento do número de ERBs decorrente da implementação de redes 5G, o número de sites servidos com backhaul em microondas subirá para 2,8 milhões no mundo, embora sua proporção sobre o total vai cair um pouco, chegando a 70%. As previsões são de Giulio Cavalli, gerente de vendas de soluções de microondas da Huawei. Mas existe uma expectativa de ampliação do tráfego de dados nesses links, e isso faz com que a parte de transmissão entre em uma disputa cada vez mais acirrada: a disputa por mais espectro.

"No 5G, a primeira escolha da operadora será fibra onde houver disponibilidade. Mas a fibra não consegue chegar a todo lugar, por isso o microondas terá um papel importante no 5G", comenta Cavalli. Ele acredita que as operadoras adotarão uma arquitetura de rede em que a fibra chega a um site central ou hub, ao qual outros sites ao redor se conectam via microondas, em uma topologia de estrela. Mas, mais do que isso, a evolução das tecnologias de transmissão de rádio digital está permitindo a agregação de portadoras e a agregação de frequências, bem como melhoras nas técnicas de modulação e anulação de interferência, ampliando a capacidade para a casa dos 20 Gbps por canal, quando utilizadas faixas de espectro na casa de 80 GHz.

Em sua estratégia para atendimento à demanda do 5G por backhaul, a Huawei separou sua oferta em três tipos de soluções. A primeira é para redes 5G em áreas urbanas com throughput próximo a 10 Gbps. Neste caso, o backhaul em microondas usaria a banda E, em 80 GHz, que permite alcançar até 20 Gbps a uma distância de até 2 Km.

A segunda solução é voltada para áreas suburbanas, mesclando banda E e frequências tradicionais de microondas (entre 6 GHz e 42 GHz) para atingir um raio de cobertura de até 7 km e velocidade de 5 Gbps.

Por fim, para as áreas rurais, a proposta da Huawei é oferecer microondas em frequências tradicionais mas com equipamentos que garantam mais eficiência no uso do espectro. Neste caso, o alcance chega a até 30 km de distância e a velocidade de transmissão a até 2 Gbps.

A banda E já está disponível no Brasil e vem sendo utilizada por algumas teles para backhaul no 4G. Estima-se que algumas centenas de sites em áreas urbanas utilizem essa frequência. Cavalli, contudo, explica que é preciso haver um esforço conjunto de todos os fabricantes e dos operadores que utilizam transporte por rádio digital para que os reguladores permitam a alocação de canais maiores, de 112 MHz, contra canais de 28 MHz e 56 MHz por canal, como hoje os canais são alocados. A liberação de uso de faixas hoje ociosas para links terrestres, como é o caso da faixa de 13 GHz, também seria positiva.

Para o futuro da tecnologia de microondas para redes de transporte, a Huawei vê a utilização da faixa de 140 GHz, que permitirá capacidades ainda maiores para distâncias pequenas. (* O jornalista viajou a convite da Huawei)

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top