OUTROS DESTAQUES
Novo governo
Ministro da Cultura assume dizendo que MinC não pode servir a projeto de poder
terça-feira, 24 de maio de 2016 , 21h07

O novo ministro da Cultura, Marcelo Calero, tomou posse nesta quinta dia 24. Em seu discurso, Calero disse que "artistas são trabalhadores que sustentam a nacionalidade", defendeu o papel do estado como garantidor dos direitos de "fruição cultural" previstos na Constituição e que o ministério estará à disposição "do que a sociedade demanda" e não a um "projeto de poder". Disse ainda que o "partido da Cultura é a cultura, e não qualquer outro", que promoverá diálogos "que não sejam um fim em si mesmo" e que as ações do Plano Nacional de Cultura serão preservados.

Calero enfatizou a importância da internacionalização da cultura, ressaltou que os meios digitais permitem esse movimento mas que é preciso apoio do Estado, referindo-se especialmente aos serviços audiovisuais. Em vários momentos disse que o ministério deve ter uma gestão republicana e eficiente dos recursos.

Dívidas

Já o presidente em exercício Michel Temer começou o seu discurso homenageando o ex-presidente José Sarney como "criador do Ministério da Cultura". Sarney, que estava presente ao evento ao lado do ministro da Educação, Mendonça Filho, não discursou. Temer falou pouco sobre a mudança de posição do governo (que inicialmente pensava em fundir a pasta da Cultura ao Ministério da Educação), mas disse que "percebeu" que a cultura deveria estar "apartada" do MEC e que o benefício é que o novo ministro estaria tendo uma posse destacada e formal, o que seria uma "homenagem à cultura brasileira". Temer anunciou então que o governo pretende quitar as pendências do MinC (de R$$ 237 milhões) até o final do ano, já que alguns artistas foram "premiados com R$ 50 mil, R$ 100 mil, e não receberam". O presidente exaltou as habilidades diplomáticas de Calero e afirmou que "a Cultura não é de ninguém, não é de partido político, é nacional".

COMENTÁRIOS

1 Comentário

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
Top