OUTROS DESTAQUES
NOVO MODELO
CCT marca para dia 8 de maio audiência pública para debater PLC 79/2016
terça-feira, 24 de abril de 2018 , 19h12

O PLC 79/2016, que altera o modelo  de telecomunicações, será debatido no dia 8 maio na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática  (CCT) do Senado. O debate é fruto dos requerimentos dos senadores Flexa Ribeiro (PSDB-PA), subscrito por Valdir Raupp (PMDB-RO) e Paulo Rocha (PT-PA), que solicitavam audiência pública para tratar do tema da comissão e foram aprovados nesta terça-feira, 24.

De acordo com os requerimentos, serão convidados: o secretário de Telecomunicações do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), André Borges; o presidente da Anatel, Juarez Quadros; o secretário da Secretaria de Infraestrutura Hídrica, de Comunicações e de Mineração do Tribunal de Contas da União (TCU), Ivan Pacheco Rogedo; o conselheiro do Coletivo Brasil de Comunicação Social (Intervozes) Jonas Valente; a conselheira da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), Flávia Lefèvre;  o diretor-executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), Eduardo Levy; o presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e de Televisão (Abert), Paulo Tonet Camargo; o diretor-presidente do Sindicato Nacional de Empresas de Telecomunicações por Satélite (Sindisat), Luiz Otávio Vasconcelos Prates; Rafael Zanata, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor – IDEC;  Marcio Patusco, do Clube de Engenharia e João Moura, Presidente da Federação Interestadual dos Trabalhadores e Pesquisadores em Telecomunicações ( FITRATELP).

O projeto, que tem como relator na comissão o senador Flexa Ribeiro, voltou a tramitar no Senado no início de 2018, após ficar parado durante um período de mais de um ano. A proposta também aguarda a leitura do requerimento da senador Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), no plenário da Casa, para que também seja apreciado na Comissão de Assuntos Econômicos. O argumento da senadora é que o tema não afeta somente o aspecto técnico, mas também tem uma grande influência na economia do Estado.

 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top