OUTROS DESTAQUES
Consumidor seria prejudicado
quarta-feira, 24 de março de 1999 , 23h29 | POR REDAÇÃO

Virgílio Freire exemplificou com os dados da própria Lucent globalizada. A empresa investe US$ 4 bilhões de dólares em pesquisa e tem os custos destas pesquisas amortizados pela escala de produção mundial. A atualização de um sistema como o Trópico exigirá das empresas que o produzem algumas centenas de milhares de dólares que terão dificuldade de amortização pela pequena escala de produção das centrais desta tecnologia. O presidente da Lucent diz que é totalmente favorável à criação de empregos no Brasil e também favorável à economia de divisas, mas que um regulamento como o sugerido somente prejudicaria o consumidor, como ocorreu com a Lei de Informática.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top