OUTROS DESTAQUES
Internacional
Em Davos, 40 líderes empresariais se comprometem com proposta da GSMA para ética na era digital
quinta-feira, 24 de janeiro de 2019 , 12h52

Quarenta líderes de empresas de telecomunicações e tecnologia se tornaram signatários de compromisso ético proposto pela GSMA (associação global que representa operadoras e fabricantes da indústria móvel) durante o Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suiça. Entre as empresas que assinaram a chamada Declaração Digital estão Telefónica, Ericsson, Huawei, Nokia, IBM, LG, Samsung, Sony, Verizon, Vodafone, Deutsche Telekom, KT, China Telecom, China Mobile e o Mobile World Capital Barcelona.

Os princípios contidos no documento incluem o respeito a privacidade de clientes, o manejo de dados pessoais de forma transparente, a tomada de medidas que mitiguem ameaças cibernéticas, o combate ao assédio online e iniciativas de inclusão digital. Vale ressaltar o item de "responsabilidades", na qual as empresas e a associação pedem pela "accountability" entre todos. Da mesma forma, declaram que as políticas devem ser "aplicadas igualmente por todo o cenário digital" para alcançar metas específicas, além de inovação e investimento para benefício do consumidor. Na prática, trata-se do pedido de nivelamento das regras do jogo para as empresas over-the-top (OTTs).

Para o diretor-geral da GMSA, Mats Granryd, "aqueles que resistirem às mudanças podem esperar uma desconfiança cada vez maior de acionistas, reguladores e clientes." De acordo com Granryd, o compromisso é ainda mais relevante em frente à iminente chegada do 5G. "Estamos prestes a entrar na era 5G, que irá despertar novas possibilidades para clientes e promessas de transformar os modelos de praticamente todos os negócios".

Já o CEO e chairman da Telefónica, José María Álvarez-Pallete, afirmou que a assinatura do compromisso indica um setor empresarial disposto a "aceitar nossa responsabilidade e reivindicar uma declaração digital de direitos que ajude a amenizar qualquer impacto da tecnologia sobre nossas vidas".

 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top