OUTROS DESTAQUES
Operadora de Londrina quer reduzir inadimplência de 2,5%
quinta-feira, 24 de Janeiro de 2002 , 19h38 | POR REDAÇÃO

A Sercomtel tem 170 mil terminais pós-pagos, que representam 80% do mercado residencial na cidade e 100% do corporativo. A meta agora é conquistar 15% da população que ainda não é atendida e que situa-se na classe D, chegando ao fim do ano com dez mil novos clientes. Desta forma, poderá aumentar sua carteira e reduzir a inadimplência, hoje de 2,5%. Os créditos poderão ser renovados a cada 45 dias, e os não utilizados poderão ser acumulados para a conta seguinte. A não renovação bloqueará o terminal para originar chamadas do 46º ao 60º dia e, a partir daí, haverá bloqueio total. O serviço será cancelado após 90 dias sem renovação de crédito.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top