OUTROS DESTAQUES
Blocos menores terão mais atratividade econômica, diz Anatel
sexta-feira, 23 de novembro de 2001 , 19h52 | POR REDAÇÃO

Antônio Valente explica que a Anatel fez uma reavaliação da capacidade do mercado e constatou que seria difícil emplacar licenças com blocos grandes na faixa dos 10,5 GHz. Deste modo, a agência resolveu alterar a canalização, diminuindo o tamanho dos blocos de modo a permitir a participação de empresas menores, que teriam menor necessidade de espectro para prestar o seu serviço. Valente lembra que isso não impede que empresas que tenham mais necessidade de espectro possam comprar blocos contínuos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top