OUTROS DESTAQUES
PAINEL TELEBRASIL 2018
Setor de satélites se posiciona para brigar pelo mercado de 5G
quarta-feira, 23 de maio de 2018 , 00h53 | POR COM AGÊNCIA TELEBRASIL

Durante a sessão temática "Painel Abrasat: tributação e 5G", que ocorreu nesta terça-feira (22) durante o Painel Telebrasil, o presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Telecomunicações por Satélite (Sindisat), Luiz Otavio Prates afirmou que o serviço por satélite é fundamental no processo de construção da infraestrutura da quinta geração da telefonia móvel (5G)."A quinta geração da telefonia móvel é um novo cenário de conectividade global, e o satélite é fundamental; ele não pode estar fora desse ambiente", reiterou Prates.

"O Brasil está precisando de solução de conectividade, e satélite tem tudo a ver nesta hora, mas ele é penalizado em termos de tributos, algo que não faz sentido. Deveria ser o contrário: ele deveria ser a tecnologia mais favorecida, porque contribui para acabar com a disparidade", destacou o executivo.

Leonardo Euler, conselheiro da Anatel, concorda que o satélite terá papel fundamental na evolução das tecnologias de 5G, não como substituto a nenhum tipo de infraestrutura, mas como complemento, mas ele lembrou que existe uma questão tributária ainda crítica que é a questão do Fistel sobre os terminais de VSAT, que precisa ser resolvido caso se queira que a infraestrutura satelital seja efetivamente competitiva.

Gerson Souto, Strategic Advisor da SES , participou do debate e comentou que o 5G trará impactos ao setor de telecomunicações."Vemos três tendências principais: broadband extremo, uso massivo de internet das coisas e M2M e serviços de missão crítica de alta confiabilidade e baixa latência", apontou. Ele explicou que os satélites que entrarão em operação nos próximos anos já têm capacidade para complementar as necessidades do Brasil em infraestrutura para 5G.

Um convênio assinado entre o Sindisat e a Inatel tem como objetivo consolidar a participação da indústria de satélite no ecossistema 5G por meio de estudos específicos de casos de uso e especificações pré-padrões. Um dos projetos estuda o desempenho de sistemas de transmissão para redes 5G, avaliando o uso de redes via satélite para backhaul para ERBs 5G e levantando as tecnologias propostas. "Vamos avaliar se essas tecnologias atendem à realidade brasileira e, se não atenderem, vamos propor soluções", explicou Thiago Vasconcelos Dornas, pesquisador do Inatel.

Outro projeto em execução visa a uma arquitetura híbrida terrestre-satélite para infraestrutura de 5G. "Estamos estudando a interoperabilidade e a conexão via satélite. 5G precisa evoluir para o cenário híbrido", destacou Antônio Marcos Alberti, coordenador de pós-graduação do Inatel.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top