OUTROS DESTAQUES
Internet das Coisas
TIM celebra acordo com Ericsson e Inatel para IoT e smart city
sexta-feira, 23 de março de 2018 , 15h21

Focada em cooperação para soluções de smart cities e Internet das Coisas, parceria entre TIM, Ericsson e o Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel) foi anunciada nesta sexta-feira, 23. O acordo de intenção para colaboração tecnológica, científica, de inovação e empreendedorismo deverá ter como base soluções móveis para esses focos e duração prevista de dois anos, envolvendo 40 especialistas da Inatel, entre pesquisadores e doutores.

A operadora fornecerá a alunos de graduação e mestrado da Inatel tópicos de pesquisa e investigação. Assim, o corpo discente pode sugerir soluções a serem aplicadas no campo acadêmico, podendo ser futuramente replicadas fora da universidade. As interações acontecerão na plataforma na nuvem da Ericsson, a IoT Accelerator, usando ambiente real da rede da TIM.

De acordo com as empresas, a plataforma em cloud facilita a conectividade de dispositivos diferentes, como câmeras, sensores e carros, permitindo transmissão de dados em ambiente seguro para aplicações. Para o lado da tele, espera-se que o programa resulte em abertura de novas fontes de receita em diferentes frentes das cidades inteligentes, como gerenciamento de água e energia, segurança, saúde, educação e transporte.

A parceria faz parte do programa de ações e pesquisas da TIM, o Open Innovation, que tem como finalidade desenvolvimento de serviços inovadores e aperfeiçoamento de soluções. A Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) participa do projeto por meio de parceria para cooperação e intercâmbio científico e tecnológico entre a operadora e os alunos e professores da instituição.

Minas Gerais

A Ericsson e a Inatel também anunciaram nesta sexta-feira uma parceria para a transferência de conhecimento e desenvolvimento de serviços de integração e ativação de sites, design tuning e otimização de redes móveis. O centro de serviços fruto do acordo será localizado em Santa Rita do Sapucaí (MG), onde já atuam 40 profissionais, com a meta de totalizar 150 até o final do ano. A iniciativa faz parte do programa global de capacitação de mão de obra especializada realizado no Centro de Serviços Tecnológicos de Engenharia e Formação de Especialistas, criado pelo instituto e destinado a projetos com a companhia sueca. Nele, profissionais terão atividades de monitoramento de performances de elementos de rede.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top