OUTROS DESTAQUES
Balanço financeiro
Algar encerra 2017 com crescimento em receitas
sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018 , 20h27

Assim como em 2016, a Algar Telecom voltou a mostrar crescimento em receitas no consolidado do ano, tanto no negócio fixo quanto no móvel. A empresa mineira divulgou seu balanço financeiro referente a 2016 na noite da sexta-feira, 23, em comunicado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A receita bruta da Algar subiu 7,2% no trimestre, total de R$ 897,8 milhões, enquanto no acumulado do ano foi de R$ 3,557 bilhões, aumento de 7,3%. A receita de telecom subiu 8% e fechou o trimestre com R$ 676,7 milhões. No acumulado do ano, o crescimento foi também de 8%, com total de R$ 2,606 bilhões. A receita líquida total da empresa encerrou os três últimos meses com aumento de 7,4% e total de R$ 706,3 milhões. No ano, a companhia acumulou R$ 2,715 bilhões, avanço de 6,7%.

Vale destacar que a receita móvel cresceu 9,8% no trimestre, totalizando R$ 126,8 milhões. No ano, aumento foi de 7,5%, total de R$ 504,4 milhões. Os grandes responsáveis foram o avanço dos dados móveis (47,7% no trimestre e 38,8% no ano) e de serviços de valor agregado (144,4% no trimestre e 35,4% no ano). Já a receita de serviços fixos cresceram 7,6% no trimestre (R$ 549,9 milhões) e 8,1% no ano (R$ 2,101 bilhões).

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) avançou 16,9% (total de R$ 217,6 milhões) e 9,9% (total de R$ 780 milhões) no trimestre e no acumulado de 2017, respectivamente. A margem aumentou 2,5 pontos percentuais e encerrou o trimestre em 28,3%. No ano, o avanço foi de 0,8 p.p., com margem de 28,7% no período.

No trimestre, o lucro líquido da Algar foi de R$ 80 milhões, um aumento de 10,8% no comparativo anual. Considerando os 12 meses, foi de R$ 229,6 milhões, crescimento de 25,1%.

De outubro a dezembro, a Algar Telecom investiu R$ 218,8 milhões, um aumento de 32,05% comparado ao final de 2016. A companhia dedicou 71% à expansão de rede e clientes. No total do ano passado, os investimentos foram de R$ 542 milhões, aumento de 6,7% em relação a 2016.

Operacional

No total, a Algar Telecom tinha em dezembro 2,267 milhões de unidades geradoras de receita, um aumento anual de 3,6%. A banda larga fixa tinha 436 mil acessos (avanço de 12,1%), dos quais 200 mil (crescimento de 34,2%) eram de conexões acima de 10 Mbps.

A telefonia fixa, por sua vez, cresceu 5,5% e encerrou o ano com 1,206 milhão de acessos. E a TV por assinatura aumentou a base em 2,3%, totalizando 90 mil acessos.

Na telefonia móvel, a operadora aumentou em 0,2% a base e encerrou dezembro com 1,206 milhão de acessos. Desse montante, 302 mil eram de pós-pagos (aumento de 6%) e 904 mil eram de pré-pagos (queda de 1,6%). A receita média por usuário (ARPU) celular, considerando ajuste na contabilização no final de 2016, aumentou 18,4% e encerrou 2017 em R$ 21,44.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
Top