OUTROS DESTAQUES
Operadoras fixas investirão em banda larga
quarta-feira, 23 de Janeiro de 2002 , 21h24 | POR REDAÇÃO

Segundo analistas do mercado financeiro e de telecomunicações, a concorrência com as novas entrantes só será percebida no mercado corporativo. O usuário residencial será disputado apenas no que se refere a serviços de transmissão de dados e banda larga. Segundo os analistas o número de usuários com ADSL deve crescer em torno de 90% neste ano, chegando a cerca de 365 mil assinantes. A mensalidade de acesso à Internet rápida também deve cair para algo em torno de R$ 20,00 ou R$ 25,00; contra os R$ 40,00 cobrados hoje. Para o analista do IDC Claudio Almeida, o lucro para as empresas de telefonia com o serviço de ADSL será de 100%, já que as operadoras não precisarão fazer novos investimentos na rede.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top