OUTROS DESTAQUES
Entretenimento
Empresas de Londrina lançam conteúdo para celular no Japão
terça-feira, 22 de maio de 2007 , 20h16 | POR IVONE SANTANA

Empresas brasileiras começam a distribuir comercialmente em todo o Japão um serviço de entretenimento e conteúdo erótico para telefones celulares e computadores, a partir desta sexta-feira, 25, com investimento total de R$ 1,5 milhão, dos quais R$ 150 mil em marketing. Os serviços vinham sendo testados para públicos restritos há cerca de um ano. A iniciativa é da TV Tarobá e da Gelt Tecnologia e Sistemas, de Londrina, no Paraná, que se associaram com a Private, fornecedora de conteúdo de Barcelona, na Espanha, e um consórcio de empresas de entretenimento. Foram firmados acordos com a DoCoMo, Vodafone e KDDI, para distribuição dos conteúdos por video on demand (VOD), por meio de revenue share. A comercialização do conteúdo adulto da Private fica por conta da Mobellphone, subsidiária do Mobeet, que também é o nome do serviço direcionado aos brasileiros que vivem no Japão, os dekasseguis.
O sexytvip.jp, de conteúdo erótico produzido pela Private, foi adaptado à legislação japonesa. São filmes de três minutos, no máximo, sem cenas explícitas, produzidos especificamente para japoneses, e não dekasseguis, somente no idioma do país. Os usuários poderão contratar o serviço pelo período desejado, por US$ 25/mês mais o tráfego para a operadora. O diretor-presidente da Gelt, Tony Philip Selmer Novaes, disse que as operadoras geralmente fazem pacotes de US$ 40, em média, para que os assinantes tenham uso ilimitado do tráfego. O público potencial são 60 milhões de usuários das três teles que estão na faixa adequada para acessar o serviço. Para contratá-lo é necessário entrar na home page, registrar login e senha, e pagar via cartão de crédito.
Já o Mobeet é distribuído pela Brastech, empresa de tecnologia e a parceira das paranaenses. O serviço conta com seis canais que incluem a programação das duas afiliadas da TV Tarobá, com esportes radicais; aliança com uma subsidiária da Sony Music; Amauri Junior, Associação Paranaense de Futebol e Federação Catarinense de Futebol de Salão. Os conteúdos podem ser acessados por VOD, ao vivo no celular e no computador. O usuário vai adquirir um cartão por US$ 6/canal. Segundo o editor chefe da TV Tarobá, afiliada da Bandeirantes, Gelson Negrão, a expectativa de público para o Mobeet é de 15 mil usuários/semestre no Japão. A estimativa é de que vivem 300 mil dekasseguis no país. O mercado potencial mundial abrange 2 milhões de brasileiros vivendo em outros países, pois numa segunda fase o serviço será estendido para fora do Japão, com parceiros em cada localidade.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top