OUTROS DESTAQUES
Papéis de telecomunicações perdem o charme
quinta-feira, 22 de abril de 1999 , 20h28 | POR REDAÇÃO

Os analistas dizem que o setor de telecomunicações perdeu parte da sua força de valorização. Os motivos mais repetidos são os seguintes: 1) A péssima imagem da Telefônica junto ao público repercute entre investidores; 2) Há excesso de provisões para devedores duvidosos, diminuindo a distribuição de dividendos para minoritários. É citado o caso da Telemig, que apesar de só ter R$ 95 milhões em suas contas a receber, fez provisões superiores a R$ 105 milhões. 3) Já houve valorização muito forte no caso de celulares (algumas subiram mais de 200% nos últimos dois meses).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top