OUTROS DESTAQUES
Lote único de handsets deverá render US$ 400 milhões
quinta-feira, 22 de abril de 1999 , 20h28 | POR REDAÇÃO

O grupo quer fechar a compra antecipada de um lote único de 2,125 milhões de aparelhos até o final do ano. Com este volume, as operadoras esperam oferecer ganhos de planejamento e escala de produção tais que os fornecedores possam lhes conceder descontos entre 15% a 20% nos preços dos aparelhos. O objetivo é que os handsets da faixa low end, de menor custo, saiam para o consumidor por menos de US$ 160, fora subsídios. A um custo médio de US$ 200 a unidade, contabilizando-se os preços de todos modelos disponíveis, o lote negociado deve resultar em um negócio de aproximadamente US$ 400 milhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top