OUTROS DESTAQUES
Mercado
Não há negociação entre Citi, fundos e Orascom
quinta-feira, 22 de março de 2007 , 15h35 | POR SAMUEL POSSEBON

Fonte qualificada próxima ao Citibank e aos fundos de pensão volta a afirmar a este noticiário: não passa de um movimento sincronizado com os interesses do especulador Naji Nahas e do Opportunity os boatos, que voltam a se materializar em reportagem do Estado de S. Paulo desta quinta, 22, segundo os quais a Orascom teria feito uma oferta de US$ 400 milhões ao Citi pela sua participação na Brasil Telecom. Segundo a fonte, não existe nenhuma negociação ou oferta neste sentido. Citibank e Orascom têm negócios de outras naturezas, e naturalmente conversam, mas não há oferta. Até porque, qualquer oferta teria obrigatoriamente que ser feita em conjunto também aos fundos de pensão por força contratual, o que não aconteceu.

Opportunity sim

Ao que tudo indica, a Orascom procurou, até aqui, apenas a Telecom Italia, mas o Opportunity quer a chance de vender a sua participação no mesmo negócio, como declarado pelo próprio Daniel Dantas à Justiça de Nova York. Naji Nahas, que já intermediou negócios entre o Opportunity e Marco Tronchetti Provera (ex-presidente da Telecom Italia, de quem Nahas é amigo), é hoje consultor da Orascom e do próprio Opportunity, segundo relatos de fontes de mercado. Telecom Italia e Opportunity são minoritários na Brasil Telecom e, até aqui, nenhum dos dois tem nenhum poder de controle sobre a BrT (há disputas judiciais nesse sentido). Citi e fundos são controladores. De qualquer forma, a própria Orascom desmentiu, segundo a Agência Dow Jones, a oferta pela participação do Citi. Enquanto isso, as notícias causam fortes movimentos nas ações da Brasil Telecom (o papel BRTP4 chegou a subir mais de 4% nesta quinta e esteve entre as maiores altas da bolsa na quarta, 21). Em outras ocasiões em que foram publicadas notícias tidas como ?definitivas? como esta do Estadão, observadores do mercado de ações reletaram a este noticiário indícios de fortes movimentos especulativos com os papéis da empresa.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top