OUTROS DESTAQUES
Anatel é firme em declarar que protegerá indústria
segunda-feira, 22 de março de 1999 , 21h03 | POR REDAÇÃO

Guerreiro disse que em todos os países do mundo a indústria que cria empregos locais é protegida. Citando como testemunhas nomes de executivos das multinacionais presentes na reunião da Abinee, Guerreiro mostrou que países com a Suécia, Alemanha e até os Estados Unidos fazem suas compras no seu mercado interno. "E não há nenhum crime nisso", completou o presidente da Anatel. Guerreiro foi mais longe: "A Anatel não aceitará nesse momento nenhuma encomenda 'cala boca' para empresas nacionais. Não queremos que nenhuma empresa chegue a uma indústria nacional e ofereça um volume de encomendas pré-fixadas. Mas também não queremos proteção. Se a empresa brasileira não tiver competência para fornecer nada para as concessionárias, então não vai vender nada, mas se tiver competência para fornecer tudo, vai fornecer tudo", disse.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top