OUTROS DESTAQUES
Celulares questionam regras de tarifas e fusões
terça-feira, 22 de fevereiro de 2000 , 22h00 | POR REDAÇÃO

Sobre o serviço móvel celular (SMC), as questões mais freqüentes foram sobre os seguintes temas: mudança de controle acionário; fusão entre operadoras; alteração da norma do celular; tarifação; possibilidade de escolha da prestadora de longa-distância; regulamentação dos serviços pré-pagos face à entrada do PCS; garantias às empresas de SMC para concorrer com o PCS; duração da disponibilidade de serviço analógico em AMPS pelas operadoras de banda A; tarifa de uso de rede nos próximos cinco anos; a questão do capital estrangeiro nas operadoras da banda B (o edital de licitação fez restrições); regras para interconexão e tributação; jurisdição do serviço e relação com a banda C (terceiro competidor) e; como a Anatel controlará o processo de fusão entre as empresas de celular.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top