OUTROS DESTAQUES
Falta de concorrente local e demanda reprimida
terça-feira, 21 de março de 2000 , 21h21 | POR REDAÇÃO

Um dos pontos mais positivos para a TCS é, segundo a S&P, a ausência de um competidor local. Ou seja, para serviços responsáveis por 45,1% das receitas da TCS não há ameaça a vista. A agência acredita que até a Global Village Telecom entrar em operação, no final do ano, a TCS terá atendido à demanda reprimida, avaliada em 939 mil linhas em dezembro/99. Além disso, a S&P lembra a ausência de um operador de expressão mundial no consórcio concorrente e estima que a empresa espelho só ficará com 5% do mercado até 2002.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
Top