OUTROS DESTAQUES
CRISE DA OI
Kassab acha normal o adiamento da AGC da Oi, mas admite que preocupação aumenta
quinta-feira, 09 de novembro de 2017 , 18h07

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, disse nesta quinta-feira, 9, que o novo adiamento da assembleia-geral de credores da Oi, é um fato normal. Para ele, o judiciário tem a compreensão das peculiaridades do complexo processo e vem atendendo às expectativas. Porém, não negou que a demora em chegar a uma solução aumenta a preocupação com o futuro da empresa.

"Vamos continuar confiando, porém, vamos continuar nos preparando para uma intervenção no caso de ser inevitável", disse Kassab, repetindo que uma solução de mercado para os problemas da Oi continua sendo o desejável. Sobre o interesse da China Telecom na Oi, Kassab disse que qualquer um [grupo] que tenha interesse na empresa será muito bem vindo e a gigante chinesa é um deles, mas alegou que há outros interessados que estão avaliando o cenário e que podem apresentar uma solução.

O ministro ainda se manifestou sobre o Plan Support Agreement (PSA), que foi aprovado pelo Conselho de Administração da companhia, mas que teve a assinatura suspensa pela Anatel, que analisa o documento. "Eu sempre digo que não haverá plano a ser aprovado que não atenda a todos, dentro de um equilíbrio razoável. Existe uma dívida que precisa ser paga, evidentemente, com descontos inerentes ao padrão de negociação; e existem investimentos que precisam ser feitos, portanto há necessidade de recursos novos para quitar os ativos e fazer os investimentos", completou.

COMENTÁRIOS

1 Comentário

  1. Erick disse:

    E a Oi continua refém dessa situação… Intervencao cada vez mais perto.

Deixe o seu comentário!

Top