OUTROS DESTAQUES
Satélite
Embratel contrata fornecedores para o Star One D2
segunda-feira, 30 de outubro de 2017 , 13h39

A Embratel contratou a Space Systems Loral (SSL) para a fabricação de seu novo satélite, o Star One D2, que será lançado pela francesa Arianespace no final de 2019 a partir do centro espacial europeu na Guiana Francesa. Trata-se do 12º artefato construído pela provedora de satélites comerciais para a frota da Star One (além de sete Brasilsat, contou também com o Star One C1, C2, C3, C4 e D1), sendo o maior já fabricado pela empresa, com 6,2 toneladas, potência estimada de 19,3 W e vida útil de mais de 15 anos. O anúncio dos contratos com os dois fornecedores internacionais foi feito nesta segunda-feira, 30.

O satélite ocupará a posição orbital de 70º Oeste e será equipado com 20 Gbps de capacidade em banda Ka para "atender às demandas de backhaul de telefonia celular" (da operação móvel do grupo, a Claro Brasil). Além disso, conta também com 28 transponders em banda C e 24 em banda Ku, para complementar ofertas para dados, vídeo, Internet corporativa e backhaul celular. O Star One D2 ainda será equipado com spots em banda X para o Ministério da Defesa.

A Embratel destaca que o satélite complementará a cobertura em banda Ka do Star One D1, ampliando oferta de backhaul para todo o território nacional. Com a banda Ku, o aparelho fornecerá dados, vídeo e Internet para órgãos do governo e "grandes empresas de diversos setores das Américas do Sul e Central", além do México. O D2 será controlado a partir do centro de operações em Guaratiba (RJ)

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top