OUTROS DESTAQUES
Tecnologia
Ericsson e Telefónica fazem parceria em 5G; Nec lança sistema de rádio compacto
quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2016 , 18h53

O grupo espanhol Telefónica firmou uma nova parceria com a fornecedora sueca Ericsson para criar novos produtos e serviços destinados ao 5G. Na ação das duas companhias europeias o primeiro passo é o desenvolvimento do um laboratório de excelência em 5G da Telefónica I+D (unidade de inovação da operadora espanhola) com o instituto de redes IMDEA da Espanha. Chamado de 5tonic, o laboratório terá como objetivo criar um ecossistema aberto para inovação e pesquisa.

Com foco nos programas da Comissão Europeia 5G PPP e ETP Networld 2020 para o desenvolvimento de tecnologias de quinta geração, a iniciativa terá debates, testes de campo, demonstração da tecnologia e equipamentos de rede. Como resultado, as duas empresas devem desenvolver um trabalho conjunto de estudos de caso, cenários de implantação e requisitos para o 5G em redes sem fio ou core em arquitetura de rede virtualizada.

Vale lembrar que em outubro de 2015, a Ericsson anunciou, durante visita da presidenta Dilma Rousseff a Estocolmo, na Suécia, parceria com outro grupo do setor: a América Móvil. O acordo prevê o início de testes com o 5G no Brasil ainda neste ano.

Rádio 5G da Nec

Outra fornecedora, a japonesa Nec, apresentou nesta quarta-feira, 17, um sistema de rádio de ondas milimétricas para LTE-Advanced e 5G que será exposto na feira Mobile World Congress 2016 em Barcelona, Espanha, na próxima semana. O sistema de rádio ultracompacto iPasolink Ex busca o mercado das operadoras de telefonia móvel, capaz de fazer transmissão sem fio em 10 Gbps – similar às redes fixas de fibra ótica. O sistema adota espectro de banda E (frequências ultra-altas de 71 a 86 Hz) para baixa latência em uma única banda.

O produto é 30% menor em relação ao modelo anterior e possui interface Ethernet de 10 Gbps. De acordo com a Nec, o iPasolink Ex permite ainda aumentar a capacidade de transmissão em macros e small cells do fronthaul para redes radio acesso centralizado (C-RAN), enquanto a Modulação Adaptativa de Largura de Banda de Rádio (AMBR) permite ajuste dinâmico de modulação e comunicação de largura da banda.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top