OUTROS DESTAQUES
Balanço financeiro
Claro S.A. registra prejuízo quase três vezes maior em 2015
quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2016 , 15h20

A Claro Telecom Participações S.A., entidade brasileira que representa a América Móvil e que controla a Claro, Embratel e Net no País, registrou um prejuízo quase três vezes maior em 2015 no comparativo com o ano 2014 pro forma (já que a incorporação foi efetivada apenas no início do ano passado). Em seu balanço financeiro divulgado na terça-feira, 9, na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa mostrou que conseguiu reverter 64,2% do prejuízo líquido no último trimestre, fechando o período com R$ 333 milhões. No entanto, no consolidado do ano, o prejuízo aumentou 168,8%, totalizando R$ 3,556 bilhões em 2015.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) aumentou 0,2% e 7,9% no trimestre e no ano, ficando assim em R$ 2,388 bilhões e R$ 9,852 bilhões. A receita líquida caiu 2,5% no quarto trimestre, ficando em R$ 8,530 bilhões. No consolidado do ano, houve aumento de 2,2%, totalizando R$ 33,695 bilhões.

Aquisição da Blue

No comunicado enviado à CVM, a Claro destacou o aumento de capital ao final de janeiro com valor total de R$ 6,051 bilhões (com emissão de 33,6 milhões de novas ações no total), sendo a maior parte subscrita pela própria companhia (no valor de R$ 4,744 bilhões), enquanto o restante (R$ 1,270 bilhão) subscrita pela coligada Telmex Solutions Telecomunicações S.A..

Destacou ainda a aquisição da Brasil Telecomunicações (a operadora de TV paga Blue Interactive), transação já aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e Anatel. A incorporação está em processo de revisão do valor dos ativos adquiridos e dos passivos assumidos, e o cálculo final deverá ser concluído em até 12 meses a partir da data de aquisição do controle.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top