OUTROS DESTAQUES
CES 2016
Samsung integra OTT e cabo à plataforma de smart TV
terça-feira, 05 de Janeiro de 2016 , 23h15 | POR ANDRÉ MERMELSTEIN, DE LAS VEGAS

A Samsung fez nesta terça, 5, a apresentação de seus produtos e tendências para 2016 durante a CES, que acontece esta semana em Las Vegas (EUA).

Para a área de TV, além das novas telas SUHD, a novidade é a interface reformulada da plataforma de smart TVs Smart Hub. A plataforma, lançada ano passado, conta com 20 milhões de unidades vendidas, 600 parceiros e 20 bilhões de horas de conteúdos consumidos, conta Won Jeen Lee, VP executivo da fabricante coreana.

A ideia agora é simplificar a experiência do usuário. Segundo ele, cada usuário tem em média três dispositivos conectados à TV, cada um com seu controle remoto. A nova interface (UI) consegue colocar as informações e a navegação da TV por assinatura e das plataformas OTT e outros dispositivos como games e DVD juntas em uma única tela. A TV reconhece o set-top box, bem como outros devices como consoles de games e blu-ray players, e o EPG pode ser acessado pelo controle da TV. As buscas também incluem todas as plataformas, e o usuário pode navegar entre elas como se estivesse trocando de canal. A TV também reconhece e reproduz na tela as recomendações de serviços como Netflix. Além disso, um único controle remoto, através da plataforma Tizen, promete controlar todos os dispositivos e toda a experiência do usuário.

Plataforma SmartHub agora agrega serviços de TV paga, OTT, games e DVD em uma única interface

Plataforma SmartHub agora agrega serviços de TV paga, OTT, games e DVD em uma única interface

O VP sênior da Time Warner Cable, Mike Angus, participou da apresentação. "Sabemos que nossos assinantes também assinam outras coisas, então facilitamos pra eles acharem seus conteúdos também no Hulu, Amazon, Netflix", disse o executivo da segunda maior operadora de cabo dos EUA.

É um movimento, por parte das operadoras, de conter o chamado cord-cutting (desligamento de assinantes), e do lado dos fabricantes, de controlar cada vez mais a experiência do usuário.

Estratégia

O presidente da Samsung Americas, Tim Baxter, contou que a empresa se baseia em três estratégias no desenvolvimento atual de produtos. A primeira é a adoção da internet das coisas (IoT). A Samsung trabalha com um ecossistema aberto, o SmartThings, que já conta com 20 mil desenvolvedores e 200 devices aprovados. Baxter prometeu que todas as TVs da marca serão "IoT friendly" até 2017. E anunciou o lançamento do Smarthings Extend USB Adapter, um dispositivo no formato de um pen drive que pode controlar todos os dispositivos Smartthings de uma casa através da TV, de eletrodomésticos a babás eletrônicas. O gadget será oferecido gratuitamente para todos que comprarem TVs da marca em 2016.

A segunda é resolver dificuldades no consumo de tecnologia, como no caso da smarTV com todas as plataformas integradas.

A terceira estratégia envolve o mundo mobile. A empresa lançou o Samsung Galaxy Ecosystem. Já há cinco vezes mais pontos de venda aceitando a plataforma de pagamento Samsung Pay do que NFC, conta Baxter. E agora Austrália, Sinagapura e o Brasil passarão a contar com a plataforma.

A fabricante aposta também na realidade virtual (VR). Lançou ano passado o óculos Gear VR, e mais de 400 vídeos já foram lançados no Milk VR Service, a plataforma de VR da companhia. Nesta CES estão mostrando a Project Beyond, primeira camera VR profissional automática com captação 360°.

Imagem

A Samsung apresentou também sua nova linha de TVs SUHD na CES 2016. As telas contam com a tecnologia chamada de Quantum Dot, que promete novos níveis de resolução, com reprodução de um bilhão de cores. Os displays foram pensados para as condições reais de uso. Segundo a fabricante, a maioria dos consumidores assiste TV com luz no ambiente (nos EUA, 86% em dias de semana comuns, 85% nos finais de semana) e somente uma pequena parte diz que assiste na escuridão completa (14% em dias de semana e 15% nos fins de semana). As novas telas compensam esta iluminação.

A partir deste ano, todas as TVs SUHD da Samsung contarão com a capacidade de High Dynamic Range (HDR), com um mínimo de 1.000 nits de HDR para um maior nível de contraste entre luz e imagens escuras. A tecnologia chamada de New Ultra Black também reduz significativamente a reflexão da luz e realça a qualidade da imagem com brilho mínimo.

O formato dos displays também tem inovações. A KS9500 SUHD TV é a primeira TV de tela curva sem bordas. Com essa ideia de design, a Samsung procurou eliminar todos os elementos desnecessários, removendo inclusive os parafusos da parte traseira da TV.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top