OUTROS DESTAQUES
TV por assinatura
Retomada do crescimento na TV paga está ameaçada por alta do ICMS, dizem operadoras
quarta-feira, 28 de outubro de 2015 , 18h41

Para os operadores de TV por assinatura, há oportunidade de retomada do crescimento e expansão do mercado, que este ano entrou em um período de estagnação. Mas as mudanças nas alíquotas de ICMS em muitos Estados é um grande risco. Para Ricardo Sanfelice, diretor de produtos fíxos da Telefônica/Vivo, o crescimento do mercado vem da situação econômica atual, mas é o aumento de impostos que realmente assusta as empresas. "São justamente as regiões em que existe uma maior demanda são os que estão mais ameaçados pelo aumento dos impostos", reforçou Oscar Simões, presidente da ABTA, que participou da Futurecom 2015, que acontece esta semana em São Paulo.

Para Ariel Dascal, diretor de TV da Oi o potencial da TV por assinatura é imenso ainda. "Tivemos um forte crescimento que já vinha se desacelerando antes da crise. Chegamos a um novo patamar com os pacotes básicos e minibásicos, e agora precisamos de novos ajustes", disse ele, lembrando que o modelo está, obviamente, no conteúdo não-linear. "Quem não tem TV por assinatura já assina ou usa com regularidade o conteúdo por streaming", disse ele, citando pesquisas internas da operadora que mostram um percentual de cerca de 20% dessas plataformas de streaming entre não-assinantes. "A entrega de conteúdos via banda larga é inexorável e nesse cenário as agências reguladoras tem um papel fundamental, que é regular para que se atenda onde não há serviço e assegurar investimentos".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top